AnimaEdu

Curso de Animação à distância será lançado nesta quarta-feira, dia 28 de outubro



O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual, e a Infraero está apoiando o AnimaEdu, um curso online que pretende levar, de forma virtual, técnicas de animação a jovens brasileiros em todo o país. O lançamento oficial do programa e do site será no dia 28 de outubro na ocasião do Dia Internacional da Animação.

A primeira turma do curso terá início em novembro deste ano. Para fazer parte do programa é preciso ser selecionado, uma vez que este primeiro grupo será experimental para avaliar a entrada em funcionamento do sistema desenvolvido. O primeiro passo para do processo de avaliação é efetuar a pré-inscrição por meio da Seção Estude Conosco do site AnimaEdu (www.animaedu.com.br).

Para participar basta ter no mínimo 16 anos e ter um computador com acesso à Internet e um scanner.  Não há necessidade de conhecimento prévio em animação. O curso terá 18 módulos e estima-se que os alunos consigam estudar entre um e dois módulos por semana. Sendo assim, terá em média de nove a 18 semanas de aula.

AnimaEdu - Programa de ensino à distância de animação tradicional 2D desenvolvida pela Otto Desenhos Animados. É um projeto aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura e que foi também incluído dentro do Pró Animação (programa para incentivo e consolidação da indústria de animação brasileira desenvolvido pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura). A ideia básica é selecionar e oferecer cursos que capacitem jovens talentos para atuação no mercado profissional da animação, que tem ampliado sua demanda por mão-de-obra qualificada nos últimos anos.

Para ingressar no programa haverá uma seleção de alunos a partir dos desenhos dos candidatos. Mais informações no site AnimaEdu: www.animaedu.com.br.

(Ascom SAv/MinC)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo chega à Niterói em Junho

O mundo das pessoas com Síndrome de Down é tema do próximo Cine Debate

Cine Nikiti discute a violência urbana no doc "Mataram Meu Irmão"