domingo, 23 de dezembro de 2012

Exposição Cidades Refletidas


No dia 07/12 (sexta-feira), o NPD – Niterói inaugurou a exposição “Cidades Refletidas” com curadoria de Bia Marques e Raquel Dias. Esta exposição reúne fotografias realizadas pelos alunos da Oficina de Fotografia de 2011 e 2012, ministrada por Bia Marques, e traz um olhar poético sobre cenários ao redor da Baía de Guanabara. Tendo em mente uma temática específica a ser desenvolvida em torno de um projeto, os alunos puderam exercitar seus olhares fotográficos e pensar suas fotografias como parte de um todo.

Foto: Raquel Dias

A vernissagem da exposição também marcou o encerramento de um ciclo de 4 anos de cursos, palestras, oficinas, cineclube e muitas outras atividades que tornaram o NPD um centro cultural audiovisual formador de laços entre alunos, professores e frenquentadores que encontraram em nosso espaço um lugar de aprendizado, troca e arte.

Foto: Raquel Dias

A equipe do NPD – Niterói agradece a cada uma das pessoas que fizeram parte e ajudaram a trilhar este caminho. Desejamos a todos um Feliz Natal e um excelente Ano Novo.
Boas Festas!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Filmagem Mãos Dadas



Na semana passada, após as etapas de pré-produção, ocorreram as filmagens do curta-metragem "Mãos Dadas". Depois de uma semana intensa de muito trabalho, a equipe concluiu essa que é uma das etapas mais difíceis no processo de realização de um filme.

Foto: Raquel Dias
Gravando em diversas locações, sendo muitas delas externas, a produção do curta-metragem teve que lidar com imprevistos e se desdobrou para concluir as filmagens com sucesso. Os cenários reais do Rio de Janeiro corroboraram para direcionar a narrativa a um tom mais realista e documental, adicionando um novo aspecto à ficção construída no roteiro.

Lise Bastos, diretora do filme, agradeceu a colaboração e o trabalho de todos no processo. “Quem me conhece mais sabe que é um projeto muito querido, e que poder dividir isso com estudantes de cinema tem muito valor pra mim, é uma escola.”

Agora , o próximo passo é dedicar-se a pós-produção e finalização do curta, que inclui os processos de montagem, edição de som, mixagem, correção de cor e composição de trilha sonora. 

Foto: Raquel Dias
Todo o processo foi uma experiência muito enriquecedora para todos os membros da equipe e o NPD –Niterói deseja muito sucesso a todos.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Oficina de Documentário

O cinema nasceu com um aspecto documental. Nesta época, o registro de cenas cotidianas através de imagens em movimento era a grande atração. 

Assim, o documentário se desenvolveu e se tornou um gênero cinematográfico que busca explorar a realidade através da linguagem cinematográfica e suas convenções.

Durante o meses de setembro e outubro, o NPD realizou a Oficina de Documentário na Comunidade do Cavalão, ministrada por Delanir Cequeira.

A oficina teve como objetivo  demonstrar como se cria, produz e realiza um documentário. Delanir discursou sobre as questões técnicas e estruturais que compõem a narrativa documental, visando a percepção de algumas das inúmeras possibilidades para o desenvolvimento audiovisual de um tema factual. 



Os alunos aproveitaram a experiência para desenvolverem roteiros e ideias de documentários.

sábado, 1 de dezembro de 2012



O roteiro “Mãos Dadas”, escolhido na Fábrica de Roteiros de 2011, entrou em processo de pré-produção no início deste ano. A partir da escolha do roteiro, o NPD partiu para a elaboração de oficinas de funções cinematográficas, nas quais seriam escolhidos os integrantes da equipe técnica do filme. Formada a equipe, a produção iniciou a junção dos departamentos e a preparação da pré-produção do filme. Através de reuniões de equipe, o primeiro passo foi a montagem de um conceito e a escolha de uma linguagem cinematográfica a ser explorada. Neste ponto, foi fundamental a integração da equipe. O segundo passo foi a visita de locação, quando houve a construção dos planos e concepções visuais a serem utilizadas, além da construção da estrutura técnica para o uso dos equipamentos. A partir dessas visitas foi realizada a decupagem do filme, a análise técnica, estabelecido o plano de filmagem e, posteriormente, a ordem do dia.

Os passos seguintes foram explorados pela equipe de produção, com a busca de apoios para locações, transporte, alimentação e materiais de uso no set. A equipe então, decidiu buscar o financiamento colaborativo através do “Catarse”, um site que serve de vitrine para projetos de arte e que recebe doações de amigos e pessoas interessadas em ajudar o projeto.  A meta era conseguir 3 mil reais, atingida e superada pelo filme: 3 mil e trezentos reais foram arrecadados. Mais reuniões foram realizadas para definir o orçamento de cada equipe e, assim, foi dividido o valor da produção.

 
Foto: Clara Grivicich

 O filme conseguiu também, o apoio da Universidade Federal Fluminense, através do empréstimo de equipamentos e do fornecimento de alimentação integral para 4 dias de filmagem por meio do Bandejão. A INFRAERO e o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) também apoiaram a realização do filme isentando o pagamento de quaisquer taxas para a filmagem em suas instalações. A partir daí, foram definidas as datas de filmagem. Conseguidos os apoios, a produção partiu iniciou os ensaios com os atores nas locações escolhidas para o filme. Esta opção foi feita pela equipe de direção para que houvesse maior familiaridade dos atores com os locais nos quais iriam trabalhar, assim como para que as ações e interpretação do roteiro não ficassem engessadas.
 

Paralelamente às ações de produção e aos ensaios, a equipe técnica visitou a Link Digital, finalizadora que trabalha com a pós-produção através da correção de cores e outros processos de finalização audiovisual. Na visita, a equipe de fotografia e direção se informou sobre a melhor maneira de filmar para simplificar a finalização do curta-metragem. A visita foi divertida e esclarecedora,  integrando as etapas de produção do filme, diminuindo assim para a equipe, o número de imprevistos possíveis. A Link Digital se disponibilizou para ajudar com a correção de cor do curta.

Após todo este processo de pré-produção, as filmagens de Mãos Dadas serão realizadas na semana que vem. Vamos torcer para que seja um grande sucesso!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Niterói dá início a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia





Com o tema: “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza" acontece em todo o Brasil, de 15 a 21 de outubro, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Em Niterói, o evento terá a abertura oficial na Câmara de Vereadores na próxima terça-feira, dia 16, às 10 horas  com palestra proferida por Antonio Werneck, presidente do Instituto Vital Brazil.

Para o secretário Municipal de Ciência e Tecnologia, José Raymundo Martins Romêo, a realização do evento no município é muito importante para aproximar as pessoas de temas relacionados a ciência e a tecnologia: “a proposta é tornar a c&t  mais próximas da população. Hoje temos o conceito de hiato gerencial, ou seja, as tecnologias estão disponíveis mas muitas pessoas as desconhecem. As escolas são um bom exemplo disso. Com tantos recursos disponíveis, ainda usamos o modelo antigo de ensinar,” disse.

Durante toda a semana, atividades integradoras vão acontecer num determinado local da cidade, além das atividades dentro das próprias instituições participantes, o chamado “Portas Abertas”.  Na quarta-feira, dia 17, das 10 às 15 horas, a SNCT vai estar na Praça Jardim São João, no Centro. Instituições como Fundação Municipal de Saúde, Colégio La Salle Abel, Liceu Nilo Peçanha, Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE) entre outras, vão apresentar suas atividades para o público.

Já nos dias 18 e 19, será a vez da zona Norte da cidade receber a Semana Nacional. Primeiro, será no Horto do Fonseca. Serão experimentos, exposições de animais peçonhentos , de insetos, de produtos orgânicos e muito mais.  Na sexta-feira, no Parque Palmir Silva, no Barreto, acontece  “Ciência no Parque”.  Os visitantes terão a oportunidade de conhecer um pouco da história do bairro com uma exposição histórica promovida pela Escola Técnica Henrique Lage, além de conhecer medidas preventivas de controle da dengue, exposição de rochas e minerais e muitas outras atividades, muitas delas relacionadas ao tema principal. Em ambos os locais, o horário do evento será das 10 às 15 horas.

No sábado e domingo, a SNCT 2012 acontece na Praia de Icaraí e no Campo de São Bento, ambos em Icaraí, com o “Ciência na Praia” e “Ciência no Campo”, respectivamente. E também na Trilha do Vai e Vem, no Engenho do Mato.  Na praia, a Universidade Salgado de Oliveira vai promover aulas de ginástica. Para as crianças, o Unilasalle irá fazer uma recreação, a Brinquedoteca. Ainda para o público infantil, o Instituto Ciência Hoje vai distribuir revistas.  A Secretaria de Defesa Civil do município também vai estar presente e entre suas atividades, estará cadastrando voluntários, além de expor materiais. E ainda terá a Universidade Federal Fluminense apresentando diferentes atividades, entre elas experimentos interativos da Casa da Descoberta, Tenda de Origami, avaliação do IMC – índice de massa corporal etc.

A Outra opção para o sábado é a “Ciência na Trilha”. Uma caminhada na trilha do Vai e Vem/Serra da Tiririca do Projeto Caminhos de Darwin promovida pela Secretaria Municipal de Educação e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

E, finalmente no domingo, encerrando o evento, o Campo de São Bento terá mais uma vez a presença marcante das escolas municipais que vão realizar desfile de roupas com materiais reciclados, exposições, experimentos do PH da água, estudos da qualidade dos alimentos consumidos etc. E não só as escolas públicas vão marcar presença. As particulares também vão contribuir para o sucesso da Semana Nacional, como Colégio Itapuca, Rede MV1, Colégio Pluz, São Vicente de Paulo entre outros. Os Institutos IFEC (Instituto de Fomento à Educação, Cultura e Ciência) e ILTC (Instituto de Lógica, Filosofia e Teoria da Ciência) vão distribuir materiais e oferecer oficinas, respectivamente. Tanto o “Ciência na Praia” e “Ciência no Campo” terão o horário de 9 às 14 horas. Para a trilha é necessário entrar em contato com a Secretaria de Educação para fazer a inscrição.

A Semana Nacional é promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e em Niterói é coordenada pela secretaria de Ciência e Tecnologia. Ao todo, 36 instituições vão realizar 115 atividades nos locais integradores, além das atividades nas próprias instituições. 

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Ciclo de Palestras

No mês de outubro, o NPD oferece três palestras sobre temas relacionados ao cinema.

A primeira palestra será com Eduardo Mendes. Ele vai falar sobre o Som no Cinema, ferramenta fundamental na construção fílmica que realça e influencia o clima de cada narrativa.

A segunda palestra será com Rafael Cruz, sobre Animação Colaborativa. Um processo que ganha cada vez mais força na área da animação, tendo como exemplo o famoso projeto da dupla Blu e David Ellis, intitulado MUTO.

A terceira palestra será sobre Cinema Brasileiro. O palestrante Caio Neves irá discorrer sobre importantes filmes na história do nosso cinema.
  
Clique no cartaz abaixo para maiores informações.



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

1° encontro de educadores de cinema e vídeo

Nos dias 16, 17 e 18 de outubro acontece o 1° encontro de educadores de cinema e vídeo.

Clique no cartaz abaixo para maiores informações.







segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Exposição Balé das Aves




O NPD convida a todos para a exposição fotográfica Balé das Aves, de Flávia Lage com a curadoria de Raquel Dias. 

Clique no convite abaixo para maiores informações.




terça-feira, 11 de setembro de 2012

Oficina de Documentário

Durante o meses de setembro e outubro, o NPD realiza a Oficina de Documentário na Comunidade do Cavalão, ministrada por Delanir Cequeira. Clique no cartaz abaixo para maiores informações.




terça-feira, 4 de setembro de 2012

Oficinas de Cinema - Circo Crescer e Viver

Durante o mês de setembro, o NPD realiza oficinas de cinema para os alunos do Circo Crescer e Viver, projeto desenvolvido na Praça Onze, Rio de Janeiro.
 
Com a intenção de proporcionar aos alunos uma experiência e um aprendizado na área cinematográfica, o presente projeto se propõe a realizar oficinas em três campos: Linguagem Cinematográfica, Roteiro e Prática Audiovisual. 

As oficinas serão ministradas por Bruna Rafaela, Caio Neves, Leandro Calixto, Thais Faria,  alunos do curso de Cinema na Universidade Federal Fluminense, e por Lise Bastos, vencedora da Fábrica de Roteiros (2011) do NPD.

Para maiores informações sobre o Crescer e Viver, acesse o site: http://crescereviver.org.br/

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O Cinema como Inclusão Social

Hoje (29/08), o NPD realiza uma palestra sobre O Cinema como Inclusão Social na sede da associação de moradores do Cavalão, situada na  comunidade do Cavalão, na Alameda Paris n° 250, São Francisco - Niterói/RJ.  

O evento terá como palestrantes os cineastas Delanir Cerqueira (técnico da Indústria Cinematográfica e do Audiovisual, autor do livro Manual do Contrarregra) e Antonio Almeijeiras (produtor executivo, ex diretor da Escola de Cinema San Antonio de los Baños,  Cuba).

A  arte como  meio de inclusão social ganha cada vez mais força no país e o cinema tem um papel importante nesta transformação.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Oficina de Produção


A produção é um dos principais elementos para a realização de uma obra audiovisual. O produtor é responsável por organizar cronogramas, orçamentos, resolver eventuais problemas e dar suporte aos demais departamentos envolvidos.

A Oficina de Produção, ministrada por Raphael Jacques entre 3 de maio e 7 de junho apresentou um estudo das fases de produção necessárias na elaboração de um video, filme ou programa de tv. As aulas apresentaram um panorama bastante amplo e detalhado do processo de produção, passando por todas as fases: elaboração, pré-produção, captação de recursos, produção, desprodução, divulgação e pós-produção.

"Ministrar a oficina de produção, foi uma ótima experiência profissional. Foi a primeira vez que que tive na frente de uma turma de alunos falando sobre minha profissão! Nunca me imaginei nessa situação, mas foi maravilhoso, e espero poder ter outras oportunidades como esta!" disse Jacques, professor iniciante.

Os alunos tiveram acesso ao material de produção de trabalhos realizados por Raphael e fizeram exercícios práticos. Além disso, receberam uma apostila ao final do curso com todo o material apresentado em aula, explicações e resposta a dúvidas.


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Festival Latinoamericano de Cinema e Vídeo – Festcineamazônia abre inscrições

Produtores e diretores tem até o dia 31 de agosto para inscrever suas produções de audiovisuais na 10ª edição do Festival Latinoamericano de Cinema e Vídeo – Festcineamazônia, que será realizado em Porto Velho de 6 a 10 de novembro de 2012. O Festival aceita filmes em 35 milímetros e 16 milímetros, vídeos produzidos em qualquer formato, com duração máxima de 26 minutos. O regulamento e inscrições estão disponíveis no site  http://www.cineamazonia.com

Na Mostra Competitiva as produções concorrem nos gêneros: documentário, ficção, animação, e experimental. Para incentivar as inserções de reportagens ambientais na mídia televisiva no país, o Festcineamazônia tem uma categoria especial “Melhor Reportagem Ambiental”, com premiação
exclusiva. Os vencedores recebem o troféu Mapinguari em suas respectivas categorias.

Nesta edição, a organização prepara uma programação especial por ser comemorativa a primeira década do evento. Em 10 anos o Festcineamazônia se consagrou como o maior festival de audiovisual da região, integrando o circuito nacional de festivais de cinema e vídeo. A cada edição são homenageados artistas, produtores e personalidades do cinema e do meio ambiente. Neste ano está confirmada a presença do artista Ziraldo, consagrado com a criação do personagem Menino Maluquinho, Turma do Pererê e outros.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Curso de Música e Negócios

O Instituto Gênesis, PUC - Rio, abriu inscrições para o curso de criação de negócios inovadores no mercado da música. Para maiores informações, acesse o site: www.cce.puc-rio.br



quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Oficina de Direção de Arte

A direção de arte é uma área fundamental na caracterização e composição de um filme. Através da concepção visual, o diretor de arte trabalha para transmitir a ideia e a atmosfera central do roteiro.

No mês de junho, o NPD ofereceu a Oficina de Direção de Arte, ministrada por Fabiana Egrejas, diretora de arte de Desenrola e Totalmente Inocentes.

Fabiana apresentou as estratégias visuais do cinema e as possibilidades de atmosferas que valorizam a trama de um filme e abordou a composição dos painéis e da colorização no primeiro cinema, até chegar aos conceitos das técnicas mais avançadas com o uso da computação gráfica.

Os alunos  adoraram a experiência, saíram aptos e motivados para desenvolverem suas ideias e projetos visuais.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Oficina de Cinematografia Digital e Iluminação

O NPD está abrindo inscrições para a Oficina de Cinematografia Digital e Iluminação, ministrada por Bia Marques. Clique no cartaz abaixo para maiores informações.




Devido à grande quantidade de inscritos para esta oficina, encerramos as inscrições. 
Agradecemos o interesse e pedimos desculpas pelo inconveniente.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Oficina de Direção

Durante as segundas e quartas-feiras dos meses de junho e julho, o NPD-Niterói ofereceu a Oficina de Direção Cinematográfica, ministrada pela diretora Anita Rocha da Silveira.

Foto: Jefferson Aurore
Anita realizou análises de filmes, inclusive Mortos-Vivos e HANDEBOL (curtas-metragens dirigidos por ela), abordou técnicas de decupagem e de direção de atores, além de analisar a função do diretor, profissional que deve conhecer detalhadamente cada função técnica do cinema e todos os detalhes do roteiro a ser trabalhado.

Foto: Jefferson Aurore
Desta maneira, a oficina aproximou os alunos do universo da direção através do seu processo criativo, usando para isso exemplos de processos de trabalhos, observação e reflexão sobre a linguagem cinematográfica e exercícios práticos.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Oficina de Introdução à Fotografia


Nos meses de maio e junho, o NPD ofereceu a Oficina de Introdução à Fotografia, ministrada por Bia Marques.

Bia abordou a história da fotografia e analisou as obras de grandes fotógrafos internacionais e de fotógrafos contemporâneos nacionais para introduzir conceitos como composição, perspectiva, tipos de objetiva e fotografia digital.



Com as aulas práticas, os alunos puderam exercitar seus olhares fotográficos através da visita ao Mercado do Peixe - Niterói. Neste passeio foram tiradas fotos de diversos tipos, incitando tanto a prática do que foi aprendido em sala de aula quanto o olhar particular de cada aluno.

Na parte final da oficina, os alunos aprenderam a utilizar o Adobe Photoshop Lightroom e adquiriram noções de tratamento de imagens, confecção de passe-partout e curadoria.



A partir destes registros, os alunos pretendem organizar uma exposição com o material produzido durante a oficina.


segunda-feira, 11 de junho de 2012

XV Festival Nacional 5 Minutos


Evento vai acontecer em outubro com mostras de filmes em curtíssimo formato e distribuição de R$ 30 mil em prêmios
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), através da sua Diretoria de Audiovisual (DIMAS), mantém abertas até 21 de junho as inscrições para a 15ª edição do Festival Nacional 5 Minutos. O concurso visa à seleção e à premiação de vídeos com duração de até cinco minutos, de temática e estética livres, com o objetivo de incentivar a experimentação, a produção e a difusão desta linguagem no Brasil. O texto do edital, bem como seus anexos, pode ser consultado nos sites da DIMAS (www.dimas.ba.gov.br), da FUNCEB (www.funceb.ba.gov.br) ou da SecultBA (www.cultura.ba.gov.br).
XV Festival Nacional 5 Minutos será realizado entre 15 e 20 de outubro deste ano, com uma programação que inclui mostras de vídeos e games, seminários, palestras, exposições e oficinas, com acesso gratuito, em diversos espaços de Salvador e interior do estado, tendo como sede as salas Walter da Silveira e Alexandre Robatto, na capital baiana. O evento atrai realizadores de todo o Brasil e tem, historicamente, contribuído para a formação de diversas gerações de cineastas e videomakers, bem como para a consolidação de novos circuitos de exibição na Bahia.
Através do edital agora aberto, serão selecionados 50 vídeos para compor a Mostra Competitiva, de onde sair ão cinco premiados: “1º lugar – Prêmio Walter da Silveira”, no valor de R$ 10 mil; “2º lugar – Prêmio Alexandre Robatto”, no valor de R$ 8 mil; “3º lugar – Prêmio Roberto Pires”, no valor de R$ 6 mil; “Prêmio Luiz Orlando”, de R$ 4 mil, para o vídeo mais votado pelo Júri Popular. A novidade desta décima-quinta edição é a concessão do “Prêmio Vito Diniz”, no valor de R$ 2 mil, para o melhor vídeo de realizador estreante, escolhido dentre os participantes que estejam apresentando a sua primeira obra audiovisual. e As premiações somam, portanto, um valor total de R$ 30 mil.
Podem se inscrever pessoas físicas, brasileiros natos ou naturalizados, além de estrangeiros com situação de permanência legalizada, de qualquer estado do país, que sejam diretores da(s) obra(s) a ser(em) apresentada(s). Cada proponente pode submeter até três vídeos, que não devem ter sido exibidos em edições passadas do evento. As inscrições são efetivadas tanto presencialmente, na sede da DIMAS, em Salvador/BA, de segunda a sexta-feira, das 14 às 18 horas, quanto por via postal, através do serviço Sedex com Aviso de Recebimento, com a apresentação, em envelope lacrado, dos documentos listados na minuta do edital.
Desde 1994, o Festival Nacional 5 Minutos construiu uma história que vai além das centenas de vídeos exibidos: jogos eletrônicos, internet, mídias móveis, projeções e videoarte, vertentes e inovações do universo audiovisual marcam presença no evento que tem construído, a cada edição, um mosaico composto por recortes da mais recente produção audiovisual do Brasil e do mundo. Além disso, o Festival promove atividades paralelas, que buscam investir na formação e aperfeiçoamento dos profissionais, discutir pautas de interesse da classe e dar visibilidade às suas ações.
SERVIÇO
Inscrições para o XV Festival Nacional 5 Minutos
Até 21 de junho
Inscrições presenciais:
Na DIMAS (Rua General Labatut, nº 27, subsolo, Barris, Salvador/BA. CEP 40.070-100)
De segunda a sexta-feira, das 14 às 18 horas
Inscrições via postal:
Unicamente através do serviço Sedex com Aviso de Recebimento/AR, encaminhadas para o mesmo endereço.
Sites:
Realização: DIMAS/ FUNCEB/ SecultBA