Núcleo de Produção Digital exibe o documentário “Os Doces Bárbaros”

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) dá início à sua sessão “CineMúsica” com a exibição no seu cineclube do documentário “Os Doces Bárbaros”, dirigido por Jom Tob Azulay. O filme será apresentado no dia 7 de novembro, quinta-feira, às 17h30, com entrada gratuita.

O documentário registra a turnê de shows “Os Doces Bárbaros”, que aconteceu em 1976 em comemoração aos dez anos de carreira individual de Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia. Foi uma turnê de sucesso que se iniciou por São Paulo e passou por Campinas e Curitiba, mas foi interrompida por um incidente policial em Florianópolis, envolvendo Gil e um flagrante de maconha. Ainda em plena ditadura militar, o caso tomou proporções desmedidas, levando Gil à prisão, julgamento e internamento em clínica de desintoxicação.

“Os Doces Bárbaros” apresenta depoimentos dos geniais baianos, cenas de bastidores, o julgamento de Gil e impagáveis números musicais. Versão integral de 104 minutos sem os cortes da Censura Federal, que o filme sofreu na época do seu lançamento, em 1978.

O NPD faz parte do programa Olhar Brasil, sendo resultado da parceria entre a Prefeitura Municipal de Niterói, através da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, e a Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura (SAV/Minc). No âmbito do município de Niterói, o núcleo está ligado ao Programa Niterói Digital.

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) fica na rua Visconde de Uruguai 300, centro de Niterói.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O mundo das pessoas com Síndrome de Down é tema do próximo Cine Debate

Cine Nikiti discute a violência urbana no doc "Mataram Meu Irmão"

Niterói debate meio-ambiente e crise hídrica brasileira na Biblioteca Pública de Niterói