Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Mostra Cinema e Direitos Humanos entra em cartaz em Niterói no NPD nesta segunda-feira

Imagem
A 8ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, realizada em todas as capitais do país, entra em cartaz em Niterói, no Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD), nesta segunda-feira, dia 16 de dezembro - e permanece até quarta-feira, dia 18, sempre com sessões às 18h. O NPD vai exibir uma programação compactada, com cinco documentários produzidos no Brasil. A mostra tem entrada gratuita.

No primeiro dia serão exibidos dois filmes: o curta “Caixa D'água: Qui-lombo é Esse?”,de Everlane Moraes Santos, que resgata a história do bairro Getúlio Vargas, localizado em Aracaju (SE), através da narrativa de antigos moradores descendentes de negros escravizados; e “Doméstica”,  longa de Gabriel Mascaro em que sete jovens se tornaram cineastas amadores durante uma semana e filmaram o cotidiano de suas empregadas domésticas.Na terça-feira será exibido “Kátia”, de Karla Holanda, que conta a história de Kátia Tapety, a primeira travesti eleita a um cargo político no Brasil.
O último…

Núcleo de Produção Digital exibe “Carmen Miranda: banana is my business” no dia 12/12

Imagem
O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) exibe na sessão “CineMúsica” desta semana  o filme  “Carmen Miranda: banana is my business”, dirigido por Helena Solberg.  Ele será apresentado no cineclube do Núcleo no dia 12 de dezembro, quinta-feira, às 17h30, com entrada gratuita e classificação etária livre.
O documentário conta, a partir de material de arquivo e depoimentos valiosos, a história da estrela brasileira que conquistou a imaginação e o coração do mundo. Carmen Miranda, nascida em Portugal e criada no Brasil, foi uma cantora e atriz que,  já famosa na América do Sul,  em 1939,  é descoberta por Lee Shubert,  que a leva para os Estados Unidos, onde se  torna “The Brazilian Bombshell”. No entanto, para os norte-americanos era  mais conhecida como uma figura caricata que carregava um enorme cacho de bananas na cabeça. O filme tenta resgatá-la dessa trama, devolvendo-lhe o que há de mais fundamental: sua identidade.

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) fica na rua Visc…

Núcleo de Produção Digital exibe “Bicho de sete cabeças” dentro do Projeto Saúde Mental no Cinema

Imagem
Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) exibe nesta quarta-feira, dia 11 de dezembro, às 17h, com entrada gratuita, o filme “Bicho de Sete Cabeças”.
A exibição faz parte do projeto Saúde Mental no Cinema, do Núcleo de Atenção à Saúde do Servidor (NASS) da Fundação Municipal de Educação (FME), e consiste na apresentação de filmes seguidos de debates mediados por convidados. 
“Bicho de Sete Cabeças”, dirigido por Laís Bodanzky e com roteiro de Luiz Bolognesi baseado no livro autobiográfico de Austregésilo Carrano Bueno, “Canto dos Malditos”, tem Rodrigo Santoro, Othon Bastos e Cássia Kiss nos papéis principais. O filme conta a história de Neto (Rodrigo Santoro), um jovem que é internado em um hospital psiquiátrico após seu pai descobrir um cigarro de maconha em seu casaco. Lá, Neto é submetido a situações abusivas. O filme, além de abordar a questão dos abusos feitos pelos hospitais psiquiátricos, também aborda a questão das drogas e a relação entre pai e filho.
“Bicho de Sete Cabeça…

Núcleo de Produção Digital exibe “Loki – Arnaldo Baptista” no dia 5/12

Imagem
O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) exibe nesta semana na sessão “CineMúsica”  o filme  “Loki – Arnaldo Baptista”, dirigido por por Paulo Henrique Fontenelle.   Ele será apresentado no cineclube do Núcleo no dia 5 de dezembro, quinta-feira, às 17h30, com entrada gratuita. 
O documentário retrata a vida e a obra de Arnaldo Baptista, líder e fundador da banda Os Mutantes, um dos grupos musicais mais importantes da MPB e fundamental no movimento musical conhecido por Tropicália. Além do próprio Arnaldo Baptista, vários artistas que acompanharam e participaram da trajetória dos Mutantes e da posterior carreira solo do músico, prestam emocionados depoimentos: Tom Zé, Sérgio Dias(irmão de Arnaldo e que,  junto com Rita Lee, integrava os Mutantes), Gilberto Gil, Roberto Menescal e Liminha. Falam também os fãs mais recentes como Lobão, Sean Lennone Devendra Banhart, além de Kurt Cobaine o crítico Nelson Motta. Na parte final o documentário registra a volta dos Mutantes em 2006 (com …