Núcleo de Produção Digital exibe nesta quinta dois documentários sobre Maria Bethânia na sessão CineMúsica

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) exibe nesta semana na sessão “CineMúsica”  dois documentários sobre a cantora Maria Bethânia, “Bethânia Bem de Perto” e “Pedrinha de Aruanda”.  Eles serão apresentados no cineclube do Núcleo no dia 20 de março, quinta-feira, às 17h30, com entrada gratuita. A classificação etária é livre.

O documentário “Bethânia Bem de Perto”, de Julio Bressane e Eduardo Escorel, filmado em 1966 em preto e branco, mostra Bethânia recém-chegada ao Rio, para substituir Nara Leão no teatro, passeando pela cidade e na intimidade da sua casa com amigos como Macalé, Rosinha de Valença e Caetano Veloso.

Já “Pedrinha de Aruanda”, dirigido por Andrucha Waddington, é um registro da intimidade de Bethânia durante a comemoração de seu aniversário de 60 anos, celebrado durante uma apresentação em Salvador e uma missa em Santo Amaro, sua cidade natal, em 2006. É na casa onde a artista passou sua infância e adolescência que acontece o ápice do filme: a seresta familiar na varanda, com a participação de sua mãe, Dona Canô, do irmão Caetano Veloso e do violonista e maestro Jaime Alem, entre outros. Neste encontro, Maria Bethânia revela sua história a partir de músicas que a acompanharam ao longo de sua vida como "Gente Humilde", "Felicidade" e "A Tristeza do Jeca". 

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) fica na  rua Visconde de Uruguai 300, centro de Niterói. Mais informações: 2622-1324.


Para saber a programação - que é toda gratuita - do NPD (cineclube, oficinas e palestras,...) curta o nosso Facebook: https://www.facebook.com/npdniterol?ref=hl  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O mundo das pessoas com Síndrome de Down é tema do próximo Cine Debate

Cine Nikiti discute a violência urbana no doc "Mataram Meu Irmão"

Niterói debate meio-ambiente e crise hídrica brasileira na Biblioteca Pública de Niterói