Núcleo de Produção Digital exibe “Estamira” na sessão “Mulheres na Tela”

O Núcleo de Produção Digital (NPD) de Niterói, em parceria com o Núcleo de Ações Integradas (NAI), da Fundação Municipal de Educação (FME), exibe nesta segunda-feira, dia 24 de março, às 19h, na sessão “Mulheres na Tela”, o filme “Estamira”, de Marcos Prado. A classificação etária é de 14 anos, a entrada é gratuita e após a sessão haverá debate.

Trabalhando há cerca de duas décadas em um aterro sanitário, situado em Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro, Estamira Gomes de Sousa é uma mulher de 63 anos que sofre de distúrbios mentais. O local recebe mais de oito mil toneladas de lixo da cidade do Rio de Janeiro, diariamente, e é também sua moradia. Com seu discurso filosófico e poético, em meio a frases, muitas vezes, sem sentido, Estamira analisa, com uma lucidez impressionante, questões de interesse global e permite que o espectador possa repensar a loucura de cada um, inclusive a dela, moradora e sobrevivente de um lixão.

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD) fica na rua Visconde de Uruguai 300, centro de Niterói. Mais informações: 2622-1324.

Para saber a programação - que é toda gratuita - do NPD (cineclube, oficinas e palestras,...) curta o nosso Facebook: https://www.facebook.com/npdniterol?ref=hl 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo chega à Niterói em Junho

O mundo das pessoas com Síndrome de Down é tema do próximo Cine Debate

Cine Nikiti discute a violência urbana no doc "Mataram Meu Irmão"