Niterói debate meio-ambiente e crise hídrica brasileira na Biblioteca Pública de Niterói

O Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD), em parceria com a Cinedelia/O2 Fimes e a Biblioteca Pública de Niterói, exibe o documentário “A Lei da Água – Novo Código Florestal”, de André D’Elia , no dia 20 de outubro, às 17h,  com entrada gratuita.  O evento faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2015, que, em Niterói, acontece de 19 a 24 de outubro.

O documentário brasileiro explica a relação entre o novo Código Florestal e a crise hídrica brasileira. Ele mostra a importância das florestas para a conservação dos recursos hídricos no Brasil e problematiza o impacto do novo Código Florestal, aprovado pelo Congresso em 2012, nesse ecossistema e na vida dos brasileiros.

A qualidade e a quantidade de água que temos disponíveis estão diretamente relacionadas à legislação ambiental, um conjunto de normas que define, entre outros pontos, quais áreas de uma propriedade rural devem ser mantidas com a vegetação nativa, cultivadas ou restauradas.

As opiniões diversas e os exemplos práticos reforçam o tema central do documentário: a relação delicada entre a preservação das florestas, a produção de alimentos e a saúde dos nossos recursos hídricos. As florestas são importantes não somente para a preservação da água e do solo, mas também para a produção de alimentos que necessitam da ação de polinizadores, tais como o café, o milho e a soja – produtos fundamentais para o agronegócio brasileiro.

O filme dá voz a agricultores e especialistas, apresenta técnicas agrícolas sustentáveis bem sucedidas e casos onde a degradação ambiental exacerbada impede a continuidade de qualquer tipo de cultivo ou criação de animais.

Conta ainda com a colaboração de cientistas e parlamentares que apoiam a Ação Direta de Inconstitucionalidade do novo Código Florestal no Supremo Tribunal Federal, e assume um compromisso com a sociedade brasileira ao mostrar como a lei ambiental afeta a vida de cada cidadão. Entre os entrevistados estão: Raul Silva Telles do Valle, advogado e ambientalista do Instituto Socioambiental; Antônio Nobre, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (Inpe) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); Blairo Maggi, senador e empresário; Ivan Valente, deputado; Mário Mantovani, diretor de mobilização da Fundação SOS Mata Atlântica e Omar Bitar, geólogo.

Após a sessão, haverá debate sobre meio-ambiente e crise hídrica brasileira com a presença de Axel Grael, Vice-Prefeito, engenheiro florestal e ambientalista e da Prof. Dra. Alba Simon, bióloga e doutora em Geografia/Planejamento Territorial pela UFF.


Página do filme no Facebook: https://www.facebook.com/aleidaagua

Página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1470438243266077/

Haverá certificado de participação para alunos e alunas do ensino médio e universitário.

A Biblioteca Pública de Niterói fica na Praça da República s/n°, centro, Niterói (em frente à Câmara Municipal). Tel: 3601-2034.


FICHA TÉCNICA
A LEI DA ÁGUA
Documentário, Brasil, 2014, 78′
Produção: Cinedelia, em coprodução com O2 Filmes
Distribuição: O2 Play
Direção: André D’Elia
Uma parceria:
Instituto Socioambiental – ISA
WWF-Brasil
Fundação SOS Mata Atlântica
Associação Bem-Te-Vi Diversidade
Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo chega à Niterói em Junho

O mundo das pessoas com Síndrome de Down é tema do próximo Cine Debate

Cine Nikiti discute a violência urbana no doc "Mataram Meu Irmão"